Veteranos de guerra amputados posam sem roupa para ensaio que deve virar livro

Fotógrafo americano Michael Stokes retratou 14 ex-soldados que ficaram feridos em conflitos para o livro “Always Loyal (Sempre leal). “Não estou devolvendo a autoconfiança deles, eles já têm”

Veterano ferido em guerra posa para as lentes do fotógrafo Michael Stokes  (Foto: Divulgação / Michael Stokes)

Um dos primeiros fotógrafos a retratar o hoje modelo Alex Minksy, um ex-fuzileiro naval que quase morreu após ter sido atingido por uma bomba quando estava no Afeganistão, o americano Michael Stokes deve lançar ainda este ano um livro com fotos de outros soldados feridos em guerra.

“Muitas pessoas vão sempre me dizer: ‘Isso é realmente muito bom para a autoestima deles’ ou ‘Você está fazendo eles se sentirem homens de novo’, mas eu escuto esses comentários e respondo que esses rapazes chegaram até mim muito recuperados e prontos para ganhar o mundo. Não estou devolvendo a autoconfiança deles, eles já têm”, disse Stokes ao site Might.
Livro “Always Loyal” (Sempre leal), nome do projeto, trará 14 ex-integrantes das Forças Armadas americanasDivulgação / Michael Stokes
 “Always Loyal” (Sempre leal), nome do projeto, trará 14 ex-integrantes das Forças Armadas americanas que serviram em diferentes guerras, incluindo uma mulher. A maioria deles perdeu um ou mais membros em ataques. Bancado com recursos do site Kickstarter, de doações online, o projeto já atingiu mais de três vezes a meta inicial. Segundo o autor, a renda excedente será doada a uma organização que presta assistência a veteranos feridos, como ocorreu com o projeto anterior de Stokes.

“Bare Strength” (Força nua), seu livro anterior, trazia uma capítulo com Minksy, Brad Ivanchan e Chris Van Etten, todos ex-combatentes. Em 2009, Minksy passou 58 dias em coma e 17 meses no hospital depois de ter sido atingido no Afeganistão. Após deixar o hospital, o ex-soldado passou a malhar até duas vezes por dia numa academia, onde foi descoberto. Com o sucesso do primeiro ensaio, foi convidado para atuar no primeiro filme da cinessérie Jogos Vorazes.

Bancado com recursos do site Kickstarter, de doações online, o projeto já atingiu mais de três vezes a meta inicial (Foto: Divulgação / Michael Stokes)
O sargento Bryan Anderson, que perdeu as duas pernas e parte do braço esquerdo em guerra (Foto: Divulgação / Michael Stokes)
O SARGENTO BRYAN ANDERSON, QUE PERDEU AS DUAS PERNAS E PARTE DO BRAÇO ESQUERDO EM GUERRA (FOTO: DIVULGAÇÃO / MICHAEL STOKES)
Reportagem transcrita na integra do Site da Revista Marie Clarie, 17/07/2015 14h01 – ATUALIZADA EM: 17/07/2015 20h29 – por Redação Marie Claire

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.